Conferência Prof. Otávio Bueno – Estilos de raciocínio científico – 13/06

Será nesta terça-feira, dia 13/06, às 16h, no DF-FFLCH-USP.

Evento aberto a todos os interessados/as.

2017_otavio_bueno_palestra

Uma realização do Departamento de Filosofia (FFLCH-USP) e iniciativa do Grupo de Pesquisa Estilos de Raciocínio Científico (IEA-USP).

Advertisements

Conferência de Jose Díez na USP 13/04 – Resumo

A conferência do filósofo da ciência Jose Díez (Universitat de Barcelona) que ocorrerá no Departamento de Filosofia da USP no dia 13/04/2017,  intitulada “Principios-guía vs leyes especiales: una distinción crucial, aunque necesitada de elucidación“, tem o seguinte resumo, que nos foi fornecido pelo conferencista:

Resumen: En esta charla (i) presento la distinción, característica de las teorías unificadas, entre principios guía y leyes especiales, (ii) la ejemplifico con casos de la física y la biología, (iii) muestro su utilidad para abordar algunos problemas tanto de filosofía general como especial de la ciencia, y (iv) identifico el origen de su difícil elucidación.

Local e horário: Departamento de Filosofia, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo. Auditório Sala 14 (Térreo), das 9h30 às 12h00. Av. Prof. Luciano Gualberto, 315 – Cidade Universitária, Butantã, São Paulo – SP. Telefone: (11)3091-3761. E-mail: filosofo@usp.br

(Este evento é uma iniciativa do grupo de pesquisa Metateoria Estruturalista e Filosofia da Ciência, do DF-FFLCH-USP, e do projeto Estilos de Raciocínio Científico, do IEA-USP-CNPq.)

Palestras de Jose Díez na Scientiae Studia e UFABC – 17/04 e 18/04

17/04/2017 – Associação Scientiae Studia

Title: A Syncretic, Pragmatist Account of Scientific Representation

Abstract: In this talk I defend a syncretic account of scientific representation that makes essential use of both structural and functional elements put together using some Tractarian ideas adequately pragmatized.

Local: Associação Filosófica Scientiae Studia de Estudos sobre Ciência e Tecnologia – R. Dr. Cícero de Alencar, 131, Butantã, São Paulo – SP. Telefone: (11)3726-4435. E-mail: secretaria@scientiaestudia.org.br

Horário: das 14h00 às 16h00

18/04/2017 – UFABC

Título: La explicación científica: un modelo neohempeliano

Resumen: En esta charla defiendo un análsis de la explicación científica modificando el inferencialismo hempeliano clásico con nuevas condiciones que permiten dar respuesta tanto a las objeciones clásicas al modelo de Hempel como a los retos presentados por los modelos causalistas y unificacionistas posteriores.

Local: Universidade Federal do ABC – Campus SBC – Alameda da Universidade, s/n, Bairro Anchieta, São Bernardo do Campo – SP. Telefone: (11)2320-6000.

Horário: das 14h00 às 16h00

Conferência 13/04: Jose Díez sobre leis e teorias

2017_principios_guia[divulgação]Convidamos a todos e todas para a conferência Principios-guía y leyes especiales: Una distinción crucial (aunque necesitada de elucidación) do filósofo da ciência Jose A. Díez, da Universitat de Barcelona, renomado especialista (e excelente expositor) da metateoria estruturalista, no dia 13/04, quinta-feira, às 9h30, no Departamento de Filosofia da USP.

Capa livro-texto com MoulinesDíez é autor, entre outros trabalhos, do livro introdutório juntamente com Carlos Ulises Moulines Fundamentos de filosofía de la ciencia, que já utilizamos em aulas e seminários.

Este evento é uma iniciativa do projeto de pesquisa Estilos de Raciocínio Científico e do grupo de estudos Metateoria Estruturalista e Filosofia da Ciência.

Jornada André Malraux – O Museu Imaginário – 08/11/16

ANDRÉ MALRAUX
O Museu Imaginário

PROGRAMA

ABERTURA Mensagem: Amitiés Internationales André Malraux
Neno Ramos (artista plástico)
• André Malraux (1901-1976)
o As Vozes do Silêncio
o O Museu Imaginário
o Questões Estéticas
• Diálogos: Oriente – Ocidente
o André Malraux – Mario Schenberg
• Depoimentos: artistas e pesquisadores

Data e hora: 8 de novembro de 2016, às 9:00 horas
Local: Auditório Lupe Cotrim – ECA/USP
Av. Prof. Lucio Martins Rodrigues, 443 – Prédio Central
Cidade Universitária 05508-020 São Paulo
Informações: 3091-4081 e 3091-3161
Promoção: Centro Mario Schenberg de Documentação da Pesquisa em Artes – ECA/USP

(Fonte: Rosana Dalla Piazza)

The “Artificial” and the “Natural” in the Life Sciences, c. 1850-1950

The “Artificial” and the “Natural” in the Life Sciences, c. 1850-1950

University of Exeter, Thursday 26th – Friday 27th June 2014.

The conference programme (also available on the website) includes three plenary talks by the following invited speakers: Helen Curry (University of Cambridge), Jon Hodge (University of Leeds), and Joeri Witteveen (Universiteit Utrecht). There are multiple contributed papers including:
  • ‘Cellular Utopias: Protoplasm and Early Twentieth-Century Synthetic Biology’ (Robert Brain)
  • ‘Thomas Hunt Morgan and the invisible genes: using the artificial to discover the natural’ (Guilia Frezza and Mauro Capocci)
  • ‘Why ‘Wild Type’? Historical Understandings of Nature, Species and Variation and the Field-Lab Threshold’ (Tarquin Holmes)
  • ‘Women, science and technical subjectivity in Britain c.1860-1900′ (Tom Quick)
  • ‘Drawings, poetry, videos and embryology: from Haeckel to Garstang and beyond’ (Simon Rundle, John Spicer, and Oliver Tills)

Additionally, there will be two forums, on the themes of ‘Can experimental intervention be natural?’ and ‘Towards a philosophy of variation’.

More information at the conference website: http://exeter2014.wordpress.com/

Fonte: Tarquin Holmes e James Lowe via Mersenne

Conferência de Otávio Bueno no IEA-USP

O filósofo da ciência Otávio Bueno, professor da Universidade of Miami, e editor da revista Synthese, analisará as semelhanças e as diferenças entre a prática científica e a prática matemática na conferência Estilos de Pensamento: Científico e Matemático, que o Grupo de Pesquisa Filosofia, História e Sociologia da Ciência e da Tecnologia do IEA-USP realiza no dia 26 de maio, às 14 horas, na Sala de Eventos do Instituto.

Maiores informações:

http://www.iea.usp.br/noticias/pratica-cientifica-e-pratica-matematica

O fomento à pesquisa pelo ângulo da filosofia da ciência

Nesta terça-feira, dia 5 de novembro, eu e o Prof. Maurício de Carvalho Ramos iremos realizar uma “aula-debate-conversa” aberta ao público, a convite dos alunos da Filosofia-USP. Iremos debater “Os mecanismos de fomento à pesquisa e a quantificação do conhecimento vistos pela perspectiva da filosofia da ciência”. Sala 111 do prédio de Filosofia e Ciências Sociais, às 14h.

Trabalho final e novas diretrizes para Teoria do Conhecimento IV

Nas reuniões com as duas turmas de Teoria do Conhecimento e Filosofia da Ciência IV (Diurno / Noturno), nos dias 22 e 24/10/2013, no Departamento de Filosofia, apresentei o modelo que irei adotar para a conclusão das atividades do semestre:

(1) As aulas da disciplina não foram suspensas, mas não puderam ser dadas (desde o dia 03/10-Diurno) por falta de acesso às salas de aula. Nesses dias não foi passada lista de presença, e não foram computadas faltas. Não haverá reposição de aulas.

(2) Caso a greve se estenda por mais tempo, não ocorrerão os seminários sobre os textos de Hempel nem a aula expositiva sobre Donald Davidson. (Porém, a esse respeito, vejam também o item 5 abaixo.)

(3) Os seminários que seriam apresentados a partir dos dias: 03/10 (Diurno) e 08/10 (Noturno) serão substituídos por pequenos trabalhos expositivos e interpretativos entre 6 e 8 laudas (espaço 1,5). Assim, quem iria apresentar estes seminários deverá entregar, até o final do semestre (impresso, não por email), um trabalhinho correspondente ao seu texto.

Estes trabalhinhos são pensados como tendo o mesmo grau de dificuldade de um bom seminário “normal”, e demandando um esforço equivalente. (Encorajamos, porém, todos/as os demais alunos/as a lerem, em caráter privado, os outros textos [já disponibilizados anteriormente], mesmo que não haja seminários nem discussão em conjunto sobre eles.)

(4) A prova final será substituída por um trabalho dissertativo, com no mínimo 6000 e no máximo 10000 palavras, a ser entregue (impresso) na mesma data (28/11/2013), com o seguinte tema:

“Feigl, Neurath, Quine: Três concepções sobre a estrutura do conhecimento científico e seus respectivos pressupostos epistemológicos”

Este trabalho leva em conta apenas a parte da matéria efetivamente já dada, de modo a não cobrar o que não foi visto em aula. O trabalhinho do item (3) deve ser entregue apenas por quem iria apresentar os seminários restantes, ao passo que este trabalho final deverá ser entregue por todos/as.

Deverão observar-se as convenções básicas de estruturação de um trabalho acadêmico: referências bibliográficas bem organizadas, citações claramente indicadas, numeração de páginas, sumário, divisão razoável em seções, etc. Em tempo: quem trabalhou sobre a lista de questões estará bastante bem equipado/a para atacar este desafio.

(5) Em caso de suspensão da greve: Neste caso, na primeira aula imediatamente subsequente à volta às aulas, teríamos uma aula expositiva sobre a filosofia de Donald Davidson (indeterminação da crença, princípio de caridade, coerentismo, esquemas conceituais, e o argumento contra o ceticismo) com leitura em classe de trechos selecionados.

Na segunda aula subsequente, teríamos a discussão (não seminário) do texto previsto para aquela data (segundo a programação original). Isso daria a todos/as duas semanas para ler o texto correspondente e poder participar da discussão. Nesse caso, convida-se o/a expositor/a, originalmente escalado/a para aquele texto, a colaborar informalmente na condução da discussão em sala.
Pretendo estar regularmente no Departamento de Filosofia, em particular nos dias e horários originais de aula, à disposição dos alunos regularmente matriculados na disciplina, e dos ouvintes que vinham cursando regularmente, para tirar dúvidas sobre a disciplina. Para discussões mais extensas e/ou mais focadas, peço que marquem comigo com antecedência.
Agradeço a presença daqueles/as que estiveram nas reuniões, e agradeço antecipadamente a colaboração de todos.