Conferência Prof. Otávio Bueno – Estilos de raciocínio científico – 13/06

Será nesta terça-feira, dia 13/06, às 16h, no DF-FFLCH-USP.

Evento aberto a todos os interessados/as.

2017_otavio_bueno_palestra

Uma realização do Departamento de Filosofia (FFLCH-USP) e iniciativa do Grupo de Pesquisa Estilos de Raciocínio Científico (IEA-USP).

Grupo de Estudos sobre Ciência e Tecnologia

A Associação Filosófica Scientiae Studia, sob a coordenação do Prof. Dr. Pablo R. Mariconda (Depto. de Filosofia / FFLCH-USP),  convida alunos de graduação e pós-graduação a participar do Grupo de Estudos sobre Ciência e Tecnologia.

O grupo tem por objetivo fornecer aos estudantes a oportunidade de discutir coletivamente uma bibliografia básica de Filosofia da Ciência com os textos de Karl Popper, T. S. Kuhn, Ian Hacking, Pierre Duhem, assim como participar de seminários, na sede da Associação, com colegas já ingressos nos programas de pós-graduação do departamento que já possuem pesquisa em andamento.

A próxima reunião será na sede da Associação Scientiae Studia, na sexta-feira, dia 24/03, às 14:30. Será debatido o texto “Algumas reflexões sobre as Teorias Físicas”, de Duhem (pp. 13-37), que encontra-se disponível aqui:

http://www.revistas.usp.br/cienciaefilosofia/issue/viewIssue/7944/386

Endereço: R. Doutor Cícero de Alencar, 131, Vila Pirajussara (próximo ao Instituto Butantã)

Nota: Os/as interessados/as devem confirmar presença com antecedência por email.

[Fonte: Secretaria Scientiae Studia | Site: www.scientiaestudia.org.br | Facebook: https://www.facebook.com/RevistaScientiaeStudia | e-mail: secretaria@scientiaestudia.org.br ]

 

Filosofia Geral (seminários) – Remarcação do seminário de 19/12 (NOTURNO)

A apresentação do último seminário da disciplina de Filosofia Geral – FLF 0114 às segundas-feiras (Noturno) com o Prof. Valter, no 2o. semestre de 2016, foi adiantada do dia 19/12 às 19h30 para o dia 14/12 (quarta-feira) às 19h30 (sala 111). Neste dia, portanto, a aula será em conjunto, e o grupo formado por Gabriela, Danilo, Giovanna e Felipe (da turma de 4as feiras/N) dividirá o palco com o grupo formado por Lucas, Neuber, Rafael e Rodolfo (da turma de 2as feiras/N). Este seminário versará sobre a segunda parte do texto de Ludwik Fleck, o cap. 4 de Gênese e desenvolvimento de um fato científico, pp. 148-163.

Hugh Everett e a Mecânica Quântica

Hugh Everett III

Hugh Everett III

Hugh Everett III, criador da ‘formulação de estado relativo” da Mecânica Quântica (relative state formulation), faria hoje 85 anos. (Ele morreu em 1982.) As ideias de Everett acerca da interpretação da Mecânica Quântica — dispensando o chamado “colapso da função de onda”, e incorporando a noção de branching (ramificação ou bifurcação) — continuam a soar instigantes e a se mostrar férteis ainda hoje. Uma adaptação conceitual feita posteriormente por Bryce DeWitt tornou-se popular na comunidade científica sob a denominação de “interpretação de vários mundos” (many-worlds interpretation), porém Everett fazia questão de esclarecer que a “many-worlds” e a sua própria formulação constituíam coisas bem diferentes, e que não deveriam ser confundidas. Os papéis manuscritos de Everett foram digitalizados e organizados em uma coleção na biblioteca da Universidade da Califórnia em Irvine, que tem como curador o filósofo da ciência Jeffrey Barrett, autor de um excelente livro sobre o tema, The Quantum Mechanics of Minds and Worlds (Oxford University Press, 1999). Uma interessante sinopse biográfica sobre Everett foi preparada por Eugene Shikhovtsev.

Everett com Niels Bohr em 1955

Everett com Niels Bohr em 1955

O artigo revolucionário de Everett na Reviews of Modern Physics de 1957, derivado de sua tese de doutorado, foi acompanhado de um artigo do seu orientador John A. Wheeler (que fora, por sua vez, colaborador de Niels Bohr). Ambos estão disponíveis a partir da esplêndida página de textos sobre Mecânica Quântica Psiquadrat. A questão das conexões entre as concepções (bastante heterodoxas) de Teoria Quântica e de Física defendidas por Wheeler e a interpretação de Everett ainda está por ser investigada de forma mais aprofundada pelos filósofos e historiadores da ciência.

Tema para recuperação – Teoria do Conhecimento e Filosofia da Ciência II

Teoria do Conhecimento e Filosofia da Ciência II – Tema para o trabalho de recuperação (1o. sem./2015)

Escreva um texto analisando comparativamente a maneira pela qual Thomas Kuhn e Imre Lakatos trabalham em seus respectivos projetos filosóficos os seguintes aspectos: (a) a dimensão histórica intrínseca à própria Filosofia da Ciência; (b) a relação existente entre História da Ciência e Filosofia da Ciência enquanto disciplinas distintas.

Extensão: entre entre 2000 e 3500 palavras (i.e., aproximadamente 6 a 10 páginas em espaço 1,5) — descontando folha de rosto, sumário e bibliografia. Prazo de entrega (impresso, na secretaria): 21/07/2015.

The “Artificial” and the “Natural” in the Life Sciences, c. 1850-1950

The “Artificial” and the “Natural” in the Life Sciences, c. 1850-1950

University of Exeter, Thursday 26th – Friday 27th June 2014.

The conference programme (also available on the website) includes three plenary talks by the following invited speakers: Helen Curry (University of Cambridge), Jon Hodge (University of Leeds), and Joeri Witteveen (Universiteit Utrecht). There are multiple contributed papers including:
  • ‘Cellular Utopias: Protoplasm and Early Twentieth-Century Synthetic Biology’ (Robert Brain)
  • ‘Thomas Hunt Morgan and the invisible genes: using the artificial to discover the natural’ (Guilia Frezza and Mauro Capocci)
  • ‘Why ‘Wild Type’? Historical Understandings of Nature, Species and Variation and the Field-Lab Threshold’ (Tarquin Holmes)
  • ‘Women, science and technical subjectivity in Britain c.1860-1900′ (Tom Quick)
  • ‘Drawings, poetry, videos and embryology: from Haeckel to Garstang and beyond’ (Simon Rundle, John Spicer, and Oliver Tills)

Additionally, there will be two forums, on the themes of ‘Can experimental intervention be natural?’ and ‘Towards a philosophy of variation’.

More information at the conference website: http://exeter2014.wordpress.com/

Fonte: Tarquin Holmes e James Lowe via Mersenne

FHCM – Texto para o fichamento No. 3

Está disponível na pasta da disciplina de Filosofia e História da Ciência Moderna o terceiro texto a ser lido para fichamento, a saber: ABRANTES, Paulo – “Mecanicismo e dinamismo como imagens de natureza na ciência moderna”, in: Abrantes, P. – Imagens de natureza, imagens de ciência, Cap. 3, pp. 73-108 (Campinas: Papirus, 1998). Este texto não será disponibilizado online. Para referência de vocês, também está na pasta o Cap. 2, “A ciência moderna e o método experimental”, ao qual o autor faz referência.