Mestrado no DF-USP com o Prof. Valter

No próximo processo seletivo da Pós-Graduação em Filosofia no Departamento de Filosofia da FFLCH-USP, no primeiro semestre de 2014, oferecerei duas vagas de Mestrado. O edital de seleção será divulgado em breve (por volta de jan.-fev. 2014) no site do Departamento.

Temas — Orientarei dissertações em temas pertencentes a algum dos seguintes grandes grupos: (a) Estrutura e dinâmica de teorias segundo a metateoria estruturalista. (b) Relação entre teoria científica e experimento de um ponto de vista lógico e/ou epistemológico. (c) História da metodologia da física e da química (moderna ou contemporânea) segundo teorias da racionalidade e/ou teorias epistemológicas. (d) Justificação epistêmica. (e) Dinâmica do conhecimento: valores, temas e/ou solução de problemas, sob uma perspectiva analítica. (f) Mecanicismo, mecânica, teoria do campo, desmecanização, geometrização. (g) Teoria quântica: história e/ou fundamentos.

Perfil desejado — Um dos seguintes: (a) graduação em filosofia e familiaridade com alguma área científica (p. ex. disciplinas cursadas); (b) graduação em área científica (exceto biologia) e familiaridade com epistemologia, lógica e história da filosofia.

Entrevista — Por ocasião da entrevista, entre outros aspectos considerados, o(a) candidato(a) deverá demonstrar familiaridade com pelo menos uma referência bibliográfica relevante (à escolha) a respeito do tema específico pretendido.

Outras informações sobre a Pós-Graduação em Filosofia no DF-FFLCH-USP estão na página do programa.

Advertisements

A aproximação a Antoine-Laurent

DSC_0239Tomo aqui emprestado, para adaptá-lo, o título do conto de Borges (“A aproximação a Almotásim”) — que afinal fala sobre seguir pistas para encontrar uma pessoa — por uma razão. Tenho diante de mim uma autêntica preciosidade (pertencente à biblioteca), que abre a possibilidade de passar muitos momentos borgianos e umbertianos: o catálogo da biblioteca de ninguém menos que Antoine Laurent Lavoisier.

Foi levantado com minucioso cuidado por Marco Beretta, e editado pela Olschki, de Firenze. É como um mergulho no espaço de idéias (senão na mente) de Lavoisier. Não à toa, Jorge, o Bibliotecário, dizia: “Alguns se jactam dos livros que escreveram; eu me orgulho daqueles que li”. A relação entre o que Lavoisier leu e o desenvolvimento do seu pensamento é complexa, não-linear, certamente, mas mesmo assim esta é uma fonte preciosa.

Previsivelmente, há muitos títulos de administração pública, tributação, etc. Há tratados e memórias químicas a mancheias, como Priestley, Scheele, Lemery, Geoffroy, Fourcroy, vários Stahl e Becher. Talvez o mais interessante nesta categoria: John Mayow. Hm. Esta é uma pista interessante! Georgius Agricola. Esperava encontrar Condillac, e de fato tem “La logique”, e mais alguns dele sobre administração e finanças. Há um exemplar da “Epítome da astronomia copernicana”, última grande obra de Kepler e, de Newton, uma “Opera quae exstant omnia” — bom, bom… Mais filósofos, como Leibniz, vários Locke, só um Descartes (um volume contendo Les passions de l’âme e Le Monde), Montesquieu, Hartley, Raimundo Lullo, Pascal, Francis Bacon, Rousseau (Discours sur l’origine et les fondements de l’inegalité parmi les hommes), além de duas coleções completas, enormes, das obras de Voltaire.

Há também matemáticos como John Wallis e L’Hospital. Ciências da vida: Spallanzani, Redi, Lamarck, Haller… Medievais: Roger Bacon (“De secretis operibus artis et naturae et de nullitate magiae”), Alberto Magno (“De mineralibus et rebus metallicis libri quinque”). Inclusive há alquimistas e hermetistas como Andreas Libavius, Paracelso e Athanasius Kircher (“Mundus subterraneus”, “Magneticum naturae regnum”, “Prodromus coptus”, “Lingua aegyptiaca restituita”). Hm. Interessante, interessante. Isso tudo em um primeiro exame. Seguramente,  muita coisa ainda passei por alto.

O retrato vai se formando. O círculo vai se fechando…

Semana de lançamento Scientiae Studia

A revista Scientiae Studia – Revista Latino-Americana de Filosofia e História da Ciência (ISBN 1678-3166) chega ao seu volume 11. Nos dias 16, 17 e 18 de setembro de 2013, ocorrerá uma série de mesas-redondas no Departamento de Filosofia da Universidade de São Paulo, para marcar o lançamento dos números 1 e 2 do volume 11. (Veja aqui os sumários: no. 1, editado por P. R. Mariconda, C. de Ronde e D. Krause | no. 2, editado por P. R. Mariconda, V. A. Bezerra e O. Pessoa Jr.)

.

As mesas-redondas serão as seguintes. No dia 16 (segunda-feira), às 18h, os professores Luciana Zaterka (CCNH-UFABC), Pablo Mariconda (Depto. de Filosofia-USP) e Ronei C. Mocellin (USP) discutem sobre Química: a transformação da matéria e os desafios atuais da ciência. No dia 17 (terça-feira), às 18h, os professores Michel Paty (CNRS-França) e Valter A. Bezerra (Depto. de Filosofia-USP) discutem sobre Filosofia, lógica e física quântica: ciência e imagens de mundo. No dia 18 (quarta-feira), às 18h, os professores Claudemir R. Tossato (UNIFESP) e Caetano Ernesto Plastino (Depto. de Filosofia-USP) discutem sobre Thomas Kuhn e a história da ciência.

Local: Departamento de Filosofia da FFLCH-USP. Prédio de Filosofia e Ciências Sociais, Sala 111. Av. Prof. Luciano Gualberto, 315 – Cidade Universitária, São Paulo.

Horário: 18h00 – 19h15. Entrada franca.